aviso

ironicamente neste espaço público existe o mais sórdido, o mais íntimo e o mais verdadeiro de mim e tudo quanto foi extraído

frequentemente usei palavras que não entendo, imitei escritores e escritas: forçadamente rebuscado ou forçadamente não-rebuscado

nunca encontrei verdade, mas ainda assim fui real: escrevi com a vontade dura e inegável do caroço do abacate

22/12/2010

Brinquedos Quebram Logo

Dei-lhe uma porta para o meu mundo inteiro, mas pegou a chave, que era uma fina agulha, e a jogou no palheiro de sua mente sinuosa.

Depois tacou fogo no palheiro tentando achar a agulha-chave.

A chave era de plástico.

A porta não.

3 comentários: