16/07/2017

alquimista da neuroquímica

Eu quis inventar e contar pra você a história do homenzinho que sempre pega todas as moedas que tem e as lava com água e sabão, uma por uma, cantando feliz como um personagem da disney.
Eu queria sair junto com você desse estado de alerta, de questionamento racional das coisas para outro estado onde não exista o tempo, a preocupação, os problemas de dinheiro, tempo, culpa.
como como como?

14/07/2017

Aplaude silencioso a música no escurinho de um show e esqueceu de tudo: os olhos brilham vermelhos, mas castanhos. Encontrou seu lugar no mar de acordes, se acomodou num canto de som qualquer. Queria sentir-me assim a vontade e por isso, sem dúvidas, acendi meu cigarro e pude acordar pela primeira vez no dia.